Fotografia, Suzana Guimarães

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Para aquele que para, o sem graça.


Existia a figura "Segura vela", que era a pessoa que ficava perto do casal de namorados ou para vigiar, a pedido dos pais de um deles ou de ambos, ou por inocência mesmo.

Eu nunca me importei com o "Segurador de vela". O que incomodou-me sempre foi o "Empata foda", e não me refiro ao sujeito que atrapalha o namoro do casal; mas, sim, àquele que, ao perceber que o outro está se divertindo, concordando, aceitando, achando graça, ou mesmo, quase gozando, para. 

Para. Simplesmente para. É o sem graça.


2 comentários:

  1. Você é gentil até sem querer, e com quem não devia. Empata é empata e fim de papo. Aquele cara que percebe que vc está se dando bem, então vai lá, e... empata! Comigo faz uma unica vez, não dou chance pra segunda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou percebendo essa gentileza, Dario. Estou esforçando-me para controlá-la. Ela se tornou clara demais para eu não enxergar... um Sol de meio-dia.

      Deveríamos aprender nos primeiros erros, não é?

      Excluir

A caixa para comentários está novamente aberta. Contudo, agora, "os comentários passam por um sistema de moderação. Não serão aprovados os comentários:
- não relacionados ao tema do post;
- com pedidos de parceria;
- com propagandas (spam);
- com link para divulgar seu blog;
- com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;"
- com luzinhas e pequenos corações saltitantes porque pesam a página.