Suzana Guimarães Lily, by LRGM

domingo, 29 de maio de 2016


Começa seus relacionamentos da forma que era quando você era criança, tateando no escuro, devagarinho, aos poucos, sem despejar no outro, toda a sua existência. Você nem pensava nisso, não é? No que já havia vivido... De preferência, resista ao máximo a esse impulso, que não atrai ninguém, apenas repele.

domingo, 22 de maio de 2016

Meu filho (16 anos) disse-me: "Em sete anos de Estados Unidos, eu nunca precisei usar a frase, "The book is on the table".


Sobre estudar Inglês no Brasil.

domingo, 8 de maio de 2016


(por LRGM)


Ele me disse para eu parar de xeretar a vida alheia e cuidar da minha, mas eu quero o tempo todo cuidar da minha? Descanso fazendo engenharia social, outro nome, assim disseram-me anos atrás. Creio que essa definição seja a mais adequada, pois eu olho apenas o que está público e se assim está é porque a pessoa deseja a exposição; então, xeretar que é uma palavra feia não é cabível... Além da curiosidade no ser humano, nas águas profundas ou mesmo nas rasas, eu gosto de escrever e mais ainda de pensar. Sou quase uma máquina pensante e em muitas vezes adivinhatória. Existe algo melhor que juntar dois mais dois? Mas eu não me demoro. Isso eu prometi para mim mesma. Só demoro, o tempo que for, em mim mesma, lugar onde posso caminhar de forma livre.

As pessoas não são de todo confiáveis. As pessoas são pracinhas à noite onde podemos passear, mas atentas.

Eu disse que gostava de diários?

Maio, 8

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Por ser ébria...



(arquivo pessoal de Suzana Guimarães)



Rancor, eu não guardo. Leonino é esquentado, estoura facilmente, mas tem o coração mole. Porém, esse coração mole, uma vez magoado, está magoado e ponto. E eu descobri que deitar na mágoa, bebê-la, sorvê-la, encharcar-me dela é bem melhor que ficar fazendo cara de sóbria. Cansada de sobriedades. As idades dos meus filhos me impedem de envelhecer, mas que a vida seja pelo menos excitante. Um quê de imprevisão cai muito bem em mim, graças a Deus. Um quê de 'melhor rasgar o mapa porque não há mais mapas'.


Eu disse que gostava de diários? Eu nunca disse.
Maio, 5

terça-feira, 3 de maio de 2016

Suzana Guimarães shared a memory.
Just now
Coisa mais linda que escrevi há um ano! Obrigada, Mr. Face!