Suzana Guimarães Lily, by LRGM

terça-feira, 16 de junho de 2015


Antes de medir força, analisa bem a outra parte... você deveria ser excelente nisso! É isso! Falta-lhe excelência.

Junho, 16
Meus olhos viram muito. Preciso fechá-los e só me lembrar do que quero.

Junho, 16

segunda-feira, 15 de junho de 2015


Eu perguntei, "Você quer que eu fale em Português ou em Inglês?". Ele respondeu, "Você escolhe". Êta mundão sem fim!

Junho, 14

sábado, 13 de junho de 2015



O bom da muita idade é que tudo passa bem rapidinho. Tristeza nenhuma dura vinte e quatro horas. Ainda mais depois que a gente decide a agenda...

Junho, 13

Diários? Ah!

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Detesto gente fria, desinteressante, mal arrumada, sem vaidade com o corpo e as roupas e as unhas e tudo mais... detesto gente sem gentilezas, sem cuidados, falsa, fingida, mentirosa (ah, essas últimas, quero matar!). Detesto gente preguiçosa, que passa o tempo à toa, que não lê, que passa o dia diante da televisão. Detesto gente descuidada com os filhos, com sua própria alma. Gente figurante. Eu não nasci para ser figurante!

Junho, 10

segunda-feira, 8 de junho de 2015



Sobre mulheres e meninas.

A menina que não lhe agrada é aquela que você sonhou ter sido e recebida, mas não foi.

Junho, 7

domingo, 7 de junho de 2015


A razão diz, "Vai, Suzana, continua!". O coração diz, "Manda às favas". Eu que sempre gostei de caminhar no meio dos dois, decidi, no último ano, ouvir meu velho coração cansado e desiludido, e um tanto quanto doidinho; mandar às favas é se lançar ao nada e isso está me seduzindo mais do que amizade, sexo, amor e tentativas estúpidas de que tudo dê certo.

Junho, quase 7

terça-feira, 2 de junho de 2015



Meu amor arrastou-me para o tatame, hoje. Treinei com um cara que eu gosto. Mas há algo que me intriga: por que alguns colegas comentam que eu não luto jiu jitsu? Ah, por quê? Porque eu gosto das técnicas, belas feito uma dança, um balé, mas luta é luta e eu não gosto de perder. Meu amor disse-me: "Você pensa que na rua eu vou fazer técnica de Jiu Jitsu?". É isso! Foram os brasileiros que inventaram essa luta e então ela está dentro de nossos moldes e gente abaixo da linha do Equador tem fogo nas ventas, gingado nos quadris, molejo na alma. Eu empurro, escorrego, prendo, dificulto, só falta eu morder. Não mordo porque mamãe deu educação.

Eu ando pegando os últimos dias na unha. Se você for tolo, parvo e manso, mantenha distância, por favor.


Ficou triste com o que eu lhe disse? Imagina o tanto que eu fiquei quando foi comigo! Usa meus olhos, sinta com meus poros e você verá que o que eu contei pode ser mais, menos ou igual, mas nunca o mesmo, pois é imensurável.

Junho, 2


Em minha primeira semana nos EUA, eu me perdi, sozinha, sem celular e com um Inglês péssimo. Peguei chuva. Ah, como chovia! E aqui raramente chove. Andei longo tempo sem coragem para pedir ajuda. Até que me decidi e parei um cara. Falei da minha situação. Ele respondeu, "Tive uma namorada brasileira, não sei falar em Português, mas entendo, fala em Português." Ele emprestou-me o seu celular. Hoje, marido e filhos iam pela rua, quarteirão ao lado da nossa casa. De repente, uma moça de óculos escuros, muitas malas e uma camiseta "Jiu Jitsu Brasileiro". Parecia perdida. R perguntou, "Are you lost?". Ela, "I`m sorry, my English is not good". Maridão, "Are you Brazilian?". Ela, "yes". Ele, "Fala em Português porque fica mais fácil" e desandou a rir. Bom, eles me viram na figura, claro, of course. Faixa azul, veio de Maringá, para o Campeonato. Ia para o aeroporto de LA. Dívida paga.


Junho, 1