Fotografia, Suzana Guimarães

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015


Acabo de saber que, além de não podermos mais velar nossos mortos por causa dos assaltos durante as madrugadas (isso, eu soube em 2013), agora, não podemos mais andar de dois em motos, após determinada hora; e, também, não há mais missa do galo em muitas igrejas. Ou seja, quem está livre é o bandido.

GRAÇAS A DEUS, eu deixei o Brasil.



Dezembro, 24