Fotografia, Suzana Guimarães

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Cinco meses... A morte é uma espécie de revolução. O que fazia sentido e parecia enorme torna-se lembrança que não pesa; o que era só detalhe, pode tombá-lo ao chão. 

Eu disse que gostava de diários? Não, eu não disse.



Fevereiro, 28/29