Fotografia, Suzana Guimarães

domingo, 29 de maio de 2016


Começa seus relacionamentos da forma que era quando você era criança, tateando no escuro, devagarinho, aos poucos, sem despejar no outro, toda a sua existência. Você nem pensava nisso, não é? No que já havia vivido... De preferência, resista ao máximo a esse impulso, que não atrai ninguém, apenas repele.