Fotografia, Suzana Guimarães

domingo, 8 de maio de 2016


(por LRGM)


Ele me disse para eu parar de xeretar a vida alheia e cuidar da minha, mas eu quero o tempo todo cuidar da minha? Descanso fazendo engenharia social, outro nome, assim disseram-me anos atrás. Creio que essa definição seja a mais adequada, pois eu olho apenas o que está público e se assim está é porque a pessoa deseja a exposição; então, xeretar que é uma palavra feia não é cabível... Além da curiosidade no ser humano, nas águas profundas ou mesmo nas rasas, eu gosto de escrever e mais ainda de pensar. Sou quase uma máquina pensante e em muitas vezes adivinhatória. Existe algo melhor que juntar dois mais dois? Mas eu não me demoro. Isso eu prometi para mim mesma. Só demoro, o tempo que for, em mim mesma, lugar onde posso caminhar de forma livre.

As pessoas não são de todo confiáveis. As pessoas são pracinhas à noite onde podemos passear, mas atentas.

Eu disse que gostava de diários?

Maio, 8