Fotografia, Suzana Guimarães

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Que me perdoem...

Há pessoas, em determinada época, apesar de seus sentimentos puros e verdadeiros, que não merecem um sequer de fiapo de nossos pensamentos. Que me perdoem o amor, o desejo, a história e o tempo.

Julho, 28