Fotografia, Suzana Guimarães

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

No que estou pensando: que o que me incomodou ontem está incomodando mais ainda hoje. Para ser franca, está incomodando por dia, formando um acúmulo. E eu não gosto disso porque fica a sensação constante de possessão - eu engolindo a mim mesma atrás de uma resposta final que bem conheço, mas ainda finjo não sabê-la.
Eu disse que gostava de diários? Não, eu não disse. Mas, se querem saber, gosto do diário suave, amigo, acolhedor. Dias ríspidos e secos que ganho de presente não me servem, não tenho mais tempo para eles. Ah, não tenho mais tempo para um certo tipo de loucura; aquela, a medida com fita métrica.

Dezembro, 20



Se é de graça, fica o favor, fica o amor. Se é pago, ficam todas as exigências comerciais.

Eu disse que gostava de diários?